Quinta Reunião de Ministros em Matéria de Segurança Pública das Américas (MISPA-V)

Contribuições da sociedade civil | Fórum Virtual | 10 a 27 de agosto 2015

FAÇA PARTE DA DISCUSSÃO

Quinta Reunión de Ministros en Materia de Seguridad Pública de las Américas (MISPA-V)Em preparação para a Quinta Reunião de Ministros em Matéria de Segurança Pública das Américas (MISPA-V), a ser realizada em 19 e 20 de novembro de 2015, em Lima, Peru, o Departamento de Segurança Pública, em colaboração com o Departamento de Assuntos Internacionais e a Secretaria de Cúpulas das Américas, tem a satisfação de anunciar o lançamento de um fórum virtual com vistas a promover e facilitar a participação da sociedade civil no processo MISPA.

O Fórum Virtual, a ser realizado de 10 a 27 de agosto de 2015, proporcionará aos representantes da sociedade civil a oportunidade de trocar ideias e experiências, bem como gerar ideias e propostas para os Estados membros da OEA referentes ao tema da MISPA-V, “Prevenção do crime, da violência e da insegurança dos cidadãos”.

Especificamente, o diálogo de Ministros na MISPA-V terá dois temas principais:

a) Coordenação e cooperação para prevenir a violência, o crime e a insegurança.

b) Dados e informações para a elaboração e a execução de políticas públicas de prevenção da violência, do crime e da insegurança.

Os participantes do fórum serão incentivados a refletir sobre esses temas específicos e compartilhar suas experiências e ideias. Posteriormente, os dados serão compilados, distribuídos e apresentados para a consideração do Grupo de Trabalho que está coordenando os preparativos da MISPA-V em Lima, Peru.

Organizado em coordenação com a Secretaria de Cúpulas das Américas e moderado por Gastón Schulmeister, acadêmico e especialista em segurança, o Fórum Virtual será aberto a todos os participantes registrados na Comunidade Virtual de Cúpulas (CVC), bem como às organizações da sociedade civil registradas junto à Organização dos Estados Americanos, de acordo com a resolução CP/RES. 759, “Diretrizes para a participação das organizações da sociedade civil nas atividades da OEA”.

Mais informações podem ser obtidas com o Senhor Michael Bejos (mbejos@oas.org).

FAÇA PARTE DA DISCUSSÃO

Português, Brasil